Vereador ex Presidente da Câmara, faz acordo na Justiça em relação à Briga no Posto de Saúde de Terenos

Ontem dia 03 de março de 2020, na cidade de Terenos teve audiência na vara única do Fórum.

 

Ex Presidente da Câmara de Vereadores Silvio Figueiredo Britis
Ex Presidente da Câmara de Vereadores Silvio Figueiredo Britis

Onde esteve presente o vereador Silvio Figueiredo Britis, acompanhado do seu advogado, para resolver a questão da briga entre ele e os profissionais da saúde do UBS ( Unidade Básica de Saúde).

Aberta a audiência o ministério público ofereceu uma proposta de suspensão condicional do processo do acusado, Silvio Figueiredo Britis ex presidente da Câmara de Vereadores.

Preenchendo os requisitos da lei, a qual o acusado foi denunciado, este de pronto aceitou nos seguintes termos:

 

a) Não frequentar bares e demais locais que incitem a delinquência;

 

b) Proibido de apresentar-se embriagado em locais públicos;

 

c) Não poderá se ausentar da comarca onde reside por mais de 15 (quinze) dias, sem prévia autorização do juiz, bem como informar o juiz se mudar de endereço;

 

d) Deverá comparecer pessoalmente e obrigatoriamente ao juiz bimestralmente até o dia 10 de cada mês, para justificar suas atividades;

 

e) Prestação pecuniária no valor de R$ 2.000,00 ( dois mil reais).

 

Fica ainda advertido de que a suspensão será revogada se, no curso do prazo, vierem a ser processado por outro crime.

 

Entenda o caso

 

Presidente de Câmara de vereadores é preso após desacatar médico em posto

 

O presidente da Câmara Municipal de Terenos – município distante cerca de 25 quilômetros de Campo Grande – foi detido na manhã desta sexta-feira (25), depois de desacatar um médico e desobedecer policiais em um posto de saúde do município.

 

De acordo com a Polícia Civil, o vereador Silvio Brites, do PSDB, foi até o local buscar atendimento para a neta, que estaria com uma fratura no braço. Chegando lá, foi informado que a unidade não estava fazendo exame de raio X, momento em que se exaltou e desacatou um médico.

A Polícia Militar foi chamada ao local para conter a situação e como estava muito exaltado, Silvio acabou detido por desacato e desobediência. Ele foi encaminhado à delegacia do município, onde assinou um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) e foi liberado.

Campo Grande News tentou contato com o vereador, por meio do telefone da Câmara Municipal de Terenos, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: campograndenews

25/08/2017 17:03 data do ocorrido

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.