PALESTRAS NAS ESCOLAS DE TERENOS MS

As escolas da rede municipal de terenos estão recebendo o PSE (Programa de Saúde na Escola), organizado pelo departamento de saúde de terenos.

 

O Programa Saúde na Escola (PSE), política intersetorial da Saúde e da Educação, foi instituído em 2007. As políticas de saúde e educação voltadas às crianças, adolescentes, jovens e adultos da educação pública brasileira se unem para promover saúde e educação integral.

A articulação intersetorial das redes públicas de saúde e de educação e das demais redes sociais para o desenvolvimento das ações do PSE implica mais do que ofertas de serviços num mesmo território, pois deve propiciar a sustentabilidade das ações a partir da conformação de redes de corresponsabilidade. Implica colocar em questão: como esses serviços estão se relacionando? Qual o padrão comunicacional estabelecido entre as diferentes equipes e serviços? Que modelos de atenção e de gestão estão sendo produzidos nesses serviços?

A articulação entre Escola e Rede Básica de Saúde é à base do Programa Saúde na Escola. O PSE é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas brasileiras. Sua sustentabilidade e qualidade dependem de todos nós!

 

Também foi conversado sobre, as doenças sexualmente transmissíveis (DST) são doenças causadas por vírus, bactérias ou outros micróbios que se transmitem, principalmente, através das relações sexuais sem o uso de preservativo com uma pessoa que esteja infectada, e geralmente se manifestam por meio de feridas, corrimentos, bolhas ou verrugas.

Pediculose é o nome científico que se dá a uma infestação de piolhos, que surge com alguma regularidade nas crianças em fase escolar. Este tipo de infestação pode acontecer em qualquer altura da vida, inclusive nos adultos, e pode surgir não só na cabeça, mas também no corpo, cílios, sobrancelhas ou na região dos pêlos púbicos.

O piolho é um parasita que não voa, nem pula mas passa de uma pessoa para outra através do contato direto com o cabelo de uma pessoa com piolhos ou pelo uso de escovas, pentes, chapéus, travesseiros ou lençóis. Estes parasitas alimentam-se apenas de sangue, vivem em média 30 dias e multiplicam-se muito rapidamente, pois cada fêmea põe entre 7 a 10

Como identificar Piolhos na Cabeça

A infestação de piolhos na cabeça e couro cabeludo, também conhecida como Pediculose capilar, é a mais comum nas crianças e provoca sintomas como:

  • Coceira intensa no couro cabeludo;
  • Pequenas feridas na cabeça;
  • Surgimento de pequenos pontinhos brancos na região do couro cabeludo.

Os pontinhos brancos fazem lembrar caspa e apenas podem ser observados quando o couro cabeludo é examinado bem de perto, indicando a presença de lêndeas. Os piolhos são marrons ou pretos, sendo por isso mais difíceis de observar pois confundem-se facilmente com o cabelo.

O tratamento para infestação de piolhos na cabeça deve ser indicado pelo médico, sendo geralmente indicado a utilização de shampoos para piolho, como Deltacid ou Escabin. A utilização dos shampoos pode ser combinada com a utilização de um pente fino para retirar piolhos e lêndeas mortas, que deve ser usado após cada lavagem do cabelo.

Cuidados com a higiene bucal

CárieOs cuidados com a higiene bucal são importantes porque a boca é o órgão receptor dos alimentos. Dentes fortes e boca saudável: é sinônimo de boa alimentação, higiene constante e bem feita. Dessa forma, é possível concluir que quando alguém se alimenta bem e tem hábitos de higiene bucal corretos, ela evita doenças como a gengivite, as cáries e o incômodo mau hálito.

Além da questão estética, os cuidados com os dentes garantem uma dicção correta (a forma de pronunciar as palavras) e uma mastigação mais benéfica. Os cuidados devem ser diários, a escovação deve ser feita pelo menos três vezes ao dia e o fio dental tem que ser usado em seguida.

Esses hábitos são preventivos; através deles é que evitamos as doenças bucais que causam a perda dos dentes. Eles devem ser adquiridos na infância e as crianças devem entender a importância de fazer todos esses procedimentos e os pais precisam levá-las frequentemente ao dentista.

O que é cárie dentária?

As cáries são orifícios que aparecem na superfície dos dentes, causadas pela ação de bactérias que se alimentam dos restos de comida acumulados nos dentes. O ácido que elas produzem corrói o esmalte protetor dos dentes e, com isso, eles são facilmente deteriorados.

Se a cárie não for devidamente tratada, sua ação corrosiva pode chegar até o nervo dental, causando fortes dores. Uma das consequências são inflamações, maior sensibilidade a alimentos frios e quentes e dor aguda, além de mau hálito. Ao sentir esses sintomas, é necessário ir ao dentista, mas no caso de prevenção, as medidas são simples: escovação e uso de fio dental diariamente.

Escovar os Dentes

 

objetivo é conscientizar estudantes com ações de prevenção e combate ao consumo de drogas.Que as drogas fazem mal para a saúde do corpo e da mente de quem consome, nós já sabemos. Mas quais são as reais consequências – que extrapolam a nossa liberdade individual – que existem no consumo e dependência das drogas.

Para escovar os dentes, é preciso seguir algumas regras que garantem a remoção de resíduos e placas bacterianas. Lembrando que a escova de dentes é um objeto individual, que deve ser trocado em um intervalo de três meses e o recomendado é usar as mais macias.

Os dentistas dizem que os dentes superiores devem ser escovados de cima para baixo em movimentos circulares, sendo que a escova precisa ser posicionada em um ângulo de 45º em relação à gengiva. Já para os dentes inferiores o aconselhado são os mesmos movimentos circulares, porém de baixo para cima.

As partes internas e de mastigação podem ser escovadas delicadamente em movimentos curtos de trás para frente. A língua não pode ser esquecida, não é necessário escová-la com força e faça com cuidado apenas para remover as bactérias e para eliminar o mau hálito.

Importância do fio dental

Na maioria das vezes, a escovação, por mais bem feita que seja, não consegue remover todos os resíduos, principalmente entre os dentes, onde o acesso é mais difícil e onde também as cáries acabam se instalando. Mas há uma solução, o uso do fio dental!

O fio dental é uma ferramenta poderosa na prevenção de doenças bucais, ajuda a manter o mau hálito bem longe e é o que dá o toque final na higienização dos dentes. Por isso, é preferível usar todos os dias, pelo menos uma vez.

No entanto, existe a forma certa de usá-lo. É preciso fazer a higienização com bastante cuidado para não machucar a gengiva, evitando que ela sangre. O mais aconselhável é que no momento de passá-lo você curve-o, formando um “C”, para retirar aquelas placas que se acumulam entre cada dente.

Foram distribuÍdas escovas de dentes.

Fonte: Pg facebook Prefeitura

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: