Liga dos Campeões: Mbappé marca 3 vezes, e PSG bate Barçelona em pleno Camp Nou

Francês Mbappé teve grande atuação e comandou virada por 4 a 1, no Camp Nou – Foto: Reprodução

Na noite desta terça-feira, o rei do Camp Nou foi Kylian Mbappé. Com uma atuação de gala, com direito a três gols, o jovem francês ofuscou Lionel Messi e ajudou o PSG a trucidar o Barcelona: 4 a 1. 

Com a grande vantagem construída na Catalunha, os parisienses podem até mesmo perder por dois gols de diferença em casa que avançam para as quartas da Liga dos Campeões. 

Antes de tudo: um jogaço

O duelo do Camp Nou começou com muito equilíbrio. Apesar de o Paris Saint-Germain marcar alto, apertando bastante a saída de bola adversária, sem dar chance para a bola chegar em Lionel Messi de qualidade, o Barcelona deu sei jeito. 

Aos 13 minutos, Messi recuou para buscar o jogo, e deixou o espaço para Pedri atacar. O jovem, com categoria, abriu bola para Griezmann, que parou em Keylor Navas na finalização. 

A resposta parisiense saiu após a pressão alta enfim surtir efeito. Paredes abriu rápido bola para Mbappé após roubada no ataque, e o atacante deixou Icardi na cara do gol. Só que a zaga fez o corte após o argentino tirar de Ter Stegen. 

O jogo se abriu um pouco, e Messi viu a passagem de De Jong na área. O holandês acabou caindo após toque da defesa, e a arbitragem marcou pênalti. Messi cobrou no ângulo, sem chance de defesa para Keylor Navas. 

Se Messi chamou a responsabilidade de um lado, Mbappé chamou do outro. O atacante recebeu de Verratti da área, tirou com muita técnica da marcação e mandou arremate indefensável para Ter Stegen. 

Mbappé voltou a aparecer minutos depois para clarear o lance para Kurzawa ficar com tudo para arrematar na área. O lateral mandou no canto, e Stegen espalmou.  No contragolpe resultante do escanteio, Messi abriu a jogada com Griezmann, que avançou até chegar na área e chutou rasteiro, de canhota. A bola passou perto da trave.

O primeiro tempo no Camp Nou foi um belo jogo de futebol. Ainda teve algumas outras chances, de lá e de cá, mas o 1 a 1 se manteve.  Mbappé, o dono do Camp Nou O segundo tempo continuou delicioso. Mbappé, que mandou chute perigoso em um dos primeiros lances, aos quatro fez boa jogada e abriu para Icardi, que deixou de calcanhar para o chute de Kean. Stegen fez uma grande defesa. 

O PSG voltou melhor para o segundo tempo, e Mbappé foi o grande nome do jogo. Florenzi recebeu de Paredes, cruzou para o meio e, após erro no corte de Piqué, Mbabbé virou o placar.  O imparável Mbappé quase marcou o terceiro logo a seguir. A “Tartaruga Ninja” recebeu na área, cortou a marcação e bateu rasteiro, mas Stegen conseguiu fazer a defesa. 

Mbappé comemora um dos dois gols na virada do PSG no Camp Nou – Alex Caparros/Getty Images

Os Blaugrana já não tinham mais a palavra na partida. Assentiram calados. Paredes cobrou falta na área e Kean, de cabeça, abriu 3 a 1 para os franceses.  Passados os minutos de massacre, o PSG recuou. Deixou só Mbappé para ligar os contra-ataques, atraindo o rival.

O Barcelona, sem muito remédio, se adiantou e se abriu. E caiu direitinho na armadilha…  Já faltando cinco minutos para o apito final, Draxler puxou um contra-ataque de três contra dois. Esperou até o último momento e, no limite, abriu para Mbappé. O chute foi no ângulo, e nem jogando a luva Stegen conseguiria defender. Hat-trick de Mbappé, o grande dono da noite no Camp Nou. 

Por Everson Nunes “Olho Vivo”
Fonte: ogol.com.br

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: