O 1° Suplente de Vereador Ademir Santana, vai assumir a cadeira do Vereador João Cesar Matogrosso, que deverá ir para secretaria estadual.

Ademir Santana Delmondes – Foto: Reprodução/Facebook

Em sessão ordinária desta quinta-feira (29) a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) aprovou em segunda votação e redação final o Projeto de Lei 83/2021, que reorganiza a estrutura básica do Poder Executivo Estadual. A proposta altera e revoga dispositivos da Lei Estadual 4.640/2014, estabelecendo uma reestruturação administrativa no Estado. O único parlamentar  a não votar em favor da Reforma Administrativa foi o deputado Renan Contar (PSL) 

O objetivo, segundo o governo, é aprimorar as políticas públicas estaduais e de possibilitar uma melhor articulação política nos âmbitos federal, estadual e municipal.

Com a aprovação da lei pelos deputados, agora está autorizada a criação de duas novas secretarias estaduais em Mato Grosso do Sul, que estão previstas para funcionar a partir da próxima semana.

A pasta da Cidadania será ocupada pelo vereador João César Mattogrosso (PSDB), atual presidente do diretório municipal campo-grandense.

O texto agora segue para a sanção do Governador do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB).

Mudança na Câmara de Campo Grande

João César Mattogrosso e Ademir Santana – Foto: Reprodução/Facebook

Com a ida de João César Mattogrosso para a Secretária da Cidadania do Estado, a sua vaga na câmara municipal de Campo Grande será ocupada pelo 1º Suplente de Vereador pelo PSDB, Ademir Santana, que na eleição de 2020 obteve uma expressiva votação totalizando 4118 votos.

Ademir Santana já havia exercido o cargo de vereador de Campo Grande na Legislatura de 2017 a 2020, realizando inúmeros projetos e benfeitorias à nossa Capital morena.

“Durante meu mandato junto com a população, conseguimos  muitas benfeitorias para Campo Grande. Tiramos importantes obras do papel, que hoje são uma realidade para os munícipes, como a Regularização Fundiária Indígena, onde Campo Grande recebeu um prêmio nacional  pela iniciativa, sendo a primeira cidade a conceder as certidões. Além disso, luto incansavelmente pela construção do Hospital Municipal de Campo Grande, para ampliar o atendimento a saúde do campo-grandense.

De volta a casa de leis, vou dar continuidade às ações e lutar para que nossa cidade seja cada dia melhor”, afirmou Ademir Santana.

Por: Everson Nunes ” Olho Vivo”

Colaborou, Daiane Luz 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: