Preço do gás sobe em todo o Brasil

Gás de cozinha vai ficar mais caro a partir de hoje em todo o Brasil.

O reajuste será entre R$ 1,50 e R$ 2,50 sobre o preço atual do botijão de 13kg, já que o mês marca o dissídio coletivo dos trabalhadores do setor. O valor da alta depende da região do país. Apesar da justificativa das distribuidoras, a entidade de classe das revendas contesta e classifica as companhias como um ‘oligopólio’.

Em comunicados aos revendedores, as empresas Ultragaz, Nacional Gás e Supergasbras, Liquigas e Copagaz se posicionaram junto aos comerciantes de gás, revelando o reajuste. De acordo com as empresas, uma série de fatores influi no preço, como os acordos coletivos de trabalho e a elevação dos custos de logística.
O acréscimo se dá mesmo após as tentativas do governo em baixar o valor do insumo. Além disso, o Ministério da Economia faz um esforço para equiparar os valores do gás de cozinha e do gás industrial. Em abril, o ministro Paulo Guedes anunciou que pretende quebrar o monopólio da Petrobras sobre o gás, o que poderia reduzir pela metade o valor do botijão.
Nós como revendedores não temos voz ativa, sempre somos vencidos pela decisões das companhias.
Tivemos uma anuncio mês passado de redução pelo governo federal, mas não chegou até as revendas na totalidade e consequentemente o consumidor não obteve essa redução na compra do Gás GLP.

 

Por: Everson Nunes o “Olho Vivo”

Rádio A Conquista

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: